sábado, 20/04/2019

Fundo Social inicia implantação da Praça da Cidadania

Projeto vai levar capacitação profissional e empreendedorismo, através da economia e cuidados ambientais

O Novo Fundo Social de São Paulo, o FUSSP, já iniciou a implantação de duas unidades da Praça da Cidadania, uma no bairro do Capão Redondo, na Zona Sul da capital paulista, e outra no Jardim Santo André, em Santo André, no ABC.

Imagem ilustrativa

O projeto contempla a construção de espaços coletivos ecológicos destinados à população em situação de vulnerabilidade social com objetivo de promover convívio, capacitação profissional pelas novas escolas do FUSSP e geração de renda através de um programa de empreendedorismo regional.

Nestes locais haverá espaços para cursos e oficinas, apoio jurídico, quadra poliesportiva, horta social, comércio, coworking, Wi-Fi, estação de gestão de resíduos e parque infantil, além de uma agência do Banco do Povo para análise e aprovação de microcrédito.

Desde o início de abril, nos dois terrenos escolhidos para receber as unidades, já estão ocorrendo atividades que integram o projeto de construção.

Em Santo André, por exemplo, já foram realizadas aulas de agrofloresta com a criação do jardim frutífero da unidade. Cursos de manicure e corte e costura também já foram ministrados no local.

Curso de Agrofloresta

Turma do Curso de Manicure e Pedicure

No bairro do Capão Redondo, uma oficina sobre horta social será implementada e ministrada no local ainda neste mês.

A manutenção e administração das unidades serão feitas por um Conselho Gestor constituído pela comunidade, FUSSP, CDHU, prefeituras e demais órgãos envolvidos no projeto.

A Praça da Cidadania tem custo aproximado de R$ 3 milhões e será construída em parceria com a iniciativa privada.

Saiba mais:

Bioconstrução

A Bioconstrução engloba diversas técnicas de arquitetura e a preocupação ecológica está presente desde a concepção até a ocupação. Parte da própria construção das praças será através dos cursos da Escola de Bioconstrução.

Biodigestor
O biodigestor que será implantado na Praça da Cidadania é uma solução sustentável que transforma resíduos orgânicos em biogás e biofertilizante. O tratamento da matéria orgânica através desse equipamento, por exemplo, pode produzir gás de cozinha e/ou energia elétrica. A construção do sistema dura em média 3 dias.

Compartilhe

Últimas Notícias

Fundo Social de São Paulo divulga resultado de Chamamento Público para gestão da Praça da Cidadania de Hortolândia

Edital prevê a contratação de OSC’ para administração das Escolas de Qualificação Profissional do FUSSP   Prédio das Escolas de Qualificação do Fussp na Praça da Cidadania de Hortolândia   O Fundo Social de São Paulo, divulgou nesta quarta-feira, 07 de fevereiro, o resultado final do Chamamento Público para escolha da OSC’ que vai administrar

Governo de SP atende dez cidades com mais de 6 mil itens em ajuda humanitária após chuvas de janeiro

Materiais de primeira necessidade foram enviados para auxiliar as famílias afetadas em municípios do interior, Baixada Santista e Litoral Norte   Defesa Civil faz entrega de doações a municípios atingidos pelas chuvas   O Governo de São Paulo, por meio da Defesa Civil e do Fundo Social, destinou para dez cidades paulistas 6.030 itens de

Fundo Social de São Paulo lança Chamamento Público para gestão das Praças da Cidadania de Mauá e Diadema

Edital prevê a contratação de organização da sociedade civil para administração das Escolas de Qualificação Profissional do FUSSP     O Fundo Social de São Paulo lança um novo chamamento público, desta vez, para selecionar as Organizações da Sociedade Civil que vão administrar as Escolas de Qualificação Profissional da Praça da Cidadania de Mauá e

SEDE DO FUNDO SOCIAL DE SÃO PAULO - PALÁCIO
DOS BANDEIRANTES

Av. Morumbi, 4.500 - Morumbi - São Paulo - SP - 05650-905

MAIS INFORMAÇÕES - Telefone: 11 2193-6979

DEPÓSITO DO FUNDO SOCIAL - JAGUARÉ

Av. Marechal Mario Guedes, 301 - Jaguaré

MAIS INFORMAÇÕES - Telefone: 11 3238-3944 ou 11 3238-3945