quarta-feira, 29/07/2020

Fundo Social realiza ação humanitária em comunidade quilombola do Vale do Ribeira

Iniciativa incluiu testagem para COVID-19 em moradores da região, com apoio de profissionais do Instituto Butantan

O Governo de São Paulo realizou nesta quarta-feira (29) uma ação humanitária na Comunidade Quilombola de Peropava, no município de Registro, na região que compreende o Programa Vale do Futuro. A ação foi uma parceria entre o Fundo Social de São Paulo, as secretarias de Desenvolvimento Social e Justiça e Cidadania, o Instituto Butantan e a Fundação Instituto de Terras do Estado de São Paulo (Itesp).

O Instituto Butantan realizou a testagem para COVID-19 em 120 moradores da comunidade de Peropava. As testagens foram feitas com os chamados testes sorológicos, os testes rápidos, que identificam se as pessoas já tiveram o vírus e desenvolveram anticorpos.

Para as comunidades de Peropava, Biguazinho e Mandira foram distribuídos o total de 130 cestas básicas, 600 máscaras, 135 frascos com álcool em gel, 540 sabonetes e 150 cobertores.

Integração

A ação teve a participação da presidente do Fundo Social de São Paulo, Bia Doria, da secretaria de Desenvolvimento Social, Célia Parnes, do secretário da Justiça e Cidadania, Paulo Dimas Mascaretti, do diretor do Instituto Butantan, Dimas Covas, e do chefe de gabinete que responde pela diretoria-executiva da Fundação Itesp, Marco Silva.

“Estamos em plena Campanha do Inverno Solidário, arrecadando e distribuindo cobertores novos para municípios e entidades, com o objetivo de assistir a população mais vulnerável. Hoje viemos pessoalmente entregar 150 cobertores para os quilombolas da comunidade Peropava”, disse Bia Doria.

A comunidade de Peropava, no município de Registro, foi reconhecida como remanescente de quilombo em 2011 pelo Governo do Estado, por meio da Fundação Itesp, com área de 395,98 hectares, onde vivem atualmente 31 famílias.

Ela integra as 29 comunidades do Vale do Ribeira e faz parte das 36 comunidades com 1.445 famílias em todo o Estado. Dentro do modo de vida tradicional, a comunidade ganha destaque com as mulheres empreendedoras, com a fabricação e produção de alimentos a partir da biomassa da banana, produzida dentro da Padaria Artesanal que foi visitada durante a ação pela primeira dama e os secretários.

Testagem para COVID-19

Em uma parceria da Fundação Itesp, Instituto Butantan e Vigilância Epidemiológica, o Governo de São Paulo definiu que fará a testagem para a COVID-19 em todas as 36 comunidades quilombolas do Estado.

Uma reunião foi realizada nesta quinta-feira (30) entre as instituições para definir as estratégias da testagem. A meta é que todas as 1.445 famílias sejam testadas no Vale do Ribeira, Litoral Paulista e região de Sorocaba.

“As secretarias estão alinhadas e fizemos uma reunião online para definir as estratégias. É uma população que necessita dessa testagem, pois vivem em sua maioria em locais de difícil acesso. A testagem será importante para controlar o vírus nas comunidades, o que demonstra atenção do Governo do Estado com a vida das pessoas do campo”, destacou Marco Silva, chefe de gabinete da Fundação Itesp.

Alimento Solidário

As cestas básicas foram destinadas pelo Programa Alimento Solidário, do Governo de São Paulo, que busca distribuir 1 milhão de cestas de alimentos a 4 milhões de pessoas em situação de vulnerabilidade social. Todo o investimento para essas cestas, de mais de R$ 100 milhões, vem do setor privado.

Comunidades quilombolas

As 130 cestas básicas, os produtos de higiene, as máscaras e os cobertores foram distribuídos para as comunidades quilombolas de Peropava, que possui 31 famílias e está localizada em Registro, Biguazinho com 12 famílias no município de Miracatu, e Mandira, com 28 famílias na cidade de Cananéia.

A Fundação Itesp é responsável pelo reconhecimento dos Quilombos e pelo serviço de Assistência Técnica e Extensão Rural às comunidades, que presta esse serviço para 1.445 famílias quilombolas em 36 comunidades localizadas em 14 municípios nas regiões do Vale do Ribeira, Vale do Paraíba e de Sorocaba.

Compartilhe

Últimas Notícias

Governo do Estado realiza ação humanitária em comunidade vulnerável em Santo André

Moradores receberam cestas básicas, cobertores e kits de higiene e limpeza A cidade de Santo André foi escolhida a segunda cidade a receber, entre hoje (10) e amanhã (11), na Praça da Cidadania, no Jardim Santo André, o Programa de Testagem e Combate ao COVID-19 voltado para áreas vulneráveis do Estado, uma parceria entre o

Fundo Social realiza ação humanitária em comunidade quilombola do Vale do Ribeira

Iniciativa incluiu testagem para COVID-19 em moradores da região, com apoio de profissionais do Instituto Butantan O Governo de São Paulo realizou nesta quarta-feira (29) uma ação humanitária na Comunidade Quilombola de Peropava, no município de Registro, na região que compreende o Programa Vale do Futuro. A ação foi uma parceria entre o Fundo Social de

SP arrecada R$ 816,4 milhões em doações privadas para combate ao coronavírus

Coletiva: montante vem de 408 empresas e entidades; apenas nesta segunda (13), campanha do Governo do Estado atraiu R$ 40,7 milhões resumo em 3 tópicos Governo anuncia arrecadação total de R$ 816,4 milhões em doações da iniciativa privada Grupo Empresarial Solidário de São Paulo já contou com doações de mais de 190 empresas Recursos e

Sede do Fundo Social de São Paulo, dentro do Parque da Água Branca.

Rua Ministro Godói, 180 | Perdizes | São Paulo | SP | 05015-000

MAIS INFORMAÇÕES Telefone: 11 2588-5906 | Horário de atendimento: das 9h às 16h