quinta-feira, 24/05/2018

Presidente Prudente sedia encontro de primeiras-damas e presidentes de Fundos Municipais do Oeste Paulista

A primeira-dama e presidente do Fundo Social de Solidariedade do Estado de São Paulo (FUSSESP), professora Lúcia França, participou na manhã desta quinta-feira, 24, em Presidente Prudente, do Encontro com primeiras-damas e presidentes de Fundos Municipais da região do Oeste Paulista.

Organizado pela assistente social Clelia Tomazini, o evento foi realizado no Centro Cultural Matarazzo e contou com a presença do deputado estadual Ed Thomaz, do prefeito da cidade, Nelson Roberto Bugalho, e da primeira-dama e presidente do Fundo Municipal, Lisiane Bugalho.

As participantes do encontro tiveram a oportunidade de apresentar em uma exposição o trabalho social que realizam em suas cidades. Na ocasião, também foram assinados dois convênios com o Fussesp: o município de Flórida Paulista ganhou uma Horta Educativa e a cidade de Presidente Epitácio será sede de uma nova Escola de Moda.

“Este é o nosso papel. O governo deve estender o braço aos municípios porque é no município que devem ser oferecidas todas as oportunidades para que o cidadão viva bem com a sua família”, comentou professora Lúcia.

Após o evento, a presidente do Fussesp participou de almoço na Associação de Professores da Guarda Mirim, entidade que atende adolescentes a fim de capacitá-los para o mercado de trabalho.

 

Sobra Escola de Moda

A Escola de Moda teve início em 2011 com o objetivo de unir duas necessidades: a falta de oportunidade de emprego para mulheres carentes após os 40 anos e a demanda, por parte dos empresários e estilistas, de mão-de-obra qualificada de costureiras e bordadeiras.

A Escola de Moda hoje está presente em sete unidades próprias do Fundo Social de Solidariedade, onde oferece os cursos de Corte e Costura, Modelagem, Bordado em Linha, Bordado em Pedraria, Crochê e Cartonagem para homens e mulheres desempregados com mais de 16 anos.

Desde 2012, foram inauguradas mais de 600 Escolas de Moda distribuídas na capital e no interior do estado. De 2011 até o momento, o projeto qualificou 35.336 pessoas.

Sobre a Horta Educativa

A Horta Educativa foi lançada em 2012 com o objetivo de fortalecer o trabalho educacional voltado à formação de valores sociais, culturais e alimentares compatíveis com a preservação da cultura do país, do meio ambiente e da promoção de hábitos alimentares saudáveis.

O projeto consiste em implantar hortas educativas em unidades públicas de ensino como instrumento de educação ambiental e alimentar de forma interdisciplinar e vivenciada. O público-alvo são as crianças matriculadas nas unidades de ensino público da pré-escola (a partir de 4 anos) até o 4º ano do ensino fundamental.

Desde 2012, passaram pelo projeto Horta Educativa mais de 348.298 mil crianças de 1.413 escolas municipais e estaduais, localizadas em 541 municípios do Estado de São Paulo.

Compartilhe

Últimas Notícias

Fundo Social de São Paulo divulga resultado de Chamamento Público para gestão da Praça da Cidadania de Hortolândia

Edital prevê a contratação de OSC’ para administração das Escolas de Qualificação Profissional do FUSSP   Prédio das Escolas de Qualificação do Fussp na Praça da Cidadania de Hortolândia   O Fundo Social de São Paulo, divulgou nesta quarta-feira, 07 de fevereiro, o resultado final do Chamamento Público para escolha da OSC’ que vai administrar

Governo de SP atende dez cidades com mais de 6 mil itens em ajuda humanitária após chuvas de janeiro

Materiais de primeira necessidade foram enviados para auxiliar as famílias afetadas em municípios do interior, Baixada Santista e Litoral Norte   Defesa Civil faz entrega de doações a municípios atingidos pelas chuvas   O Governo de São Paulo, por meio da Defesa Civil e do Fundo Social, destinou para dez cidades paulistas 6.030 itens de

Fundo Social de São Paulo lança Chamamento Público para gestão das Praças da Cidadania de Mauá e Diadema

Edital prevê a contratação de organização da sociedade civil para administração das Escolas de Qualificação Profissional do FUSSP     O Fundo Social de São Paulo lança um novo chamamento público, desta vez, para selecionar as Organizações da Sociedade Civil que vão administrar as Escolas de Qualificação Profissional da Praça da Cidadania de Mauá e

SEDE DO FUNDO SOCIAL DE SÃO PAULO - PALÁCIO
DOS BANDEIRANTES

Av. Morumbi, 4.500 - Morumbi - São Paulo - SP - 05650-905

MAIS INFORMAÇÕES - Telefone: 11 2193-6979

DEPÓSITO DO FUNDO SOCIAL - JAGUARÉ

Av. Marechal Mario Guedes, 301 - Jaguaré

MAIS INFORMAÇÕES - Telefone: 11 3238-3944 ou 11 3238-3945