segunda-feira, 21/06/2021

Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo doa 150 mil cestas básicas para famílias em situação de vulnerabilidade social

Medida está garantida com economia de mais de R$ 20 milhões feita

pelos parlamentares até agora

 

A Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo vai doar 150 mil cestas básicas a famílias paulistas em situação de vulnerabilidade social. O anúncio, feito nesta segunda-feira (21/6) pelo presidente do Parlamento, deputado Carlão Pignatari, em conjunto com o 1º e 2º secretários, deputados Luiz Fernando e Rogério Nogueira, marca os 100 dias da nova Mesa Diretora da Alesp, completados nesta semana.

A aquisição dos alimentos será possível graças à economia de mais de R$ 20 milhões feita pela Assembleia neste ano, até agora. O valor vem, principalmente, da revisão de contratos de prestação de serviços e da não utilização das verbas de gabinete por parlamentares.

A entrega dos alimentos às famílias será feita por meio de instituições assistenciais credenciadas ao Fundo Social de Solidariedade do Estado de São Paulo. A primeira-dama do Estado e presidente de honra do Fundo, Bia Doria, participou do anúncio junto com Fernando Chucre, presidente da instituição estadual.

 

Ações

Para chegar à economia de mais de R$ 20 milhões neste ano, a Mesa Diretora da Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo cortou despesas, encerrou contratos, renegociou com prestadores de serviços e reduziu o consumo de água e energia elétrica. Entre os exemplos, estão a redução, praticamente pela metade, do custo com locação de veículos; fim do contrato com serviço de táxi; redução do consumo de combustível, entre outros.

Com relação à pandemia da Covid-19, a Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo vem atuando no enfrentamento da doença. Na semana passada, os deputados e deputadas destinaram R$ 155 milhões em emendas para a área da saúde de 427 prefeituras paulistas –o maior volume desde a mudança na Constituição estadual, feita em 2018.

Os parlamentares também aprovaram o programa Bolsa do Povo, que vai distribuir R$ 1 bilhão a 500 mil famílias de todo o Estado, e renovaram por um ano o contrato de trabalho de profissionais da saúde que atuam na linha de frente da Covid-19 nos hospitais do Estado.

Os deputados e deputadas autorizaram ainda a compra de vacinas pelo governo estadual e, prevendo a retomada da economia com o avanço da vacinação, permitiram a criação de distritos turísticos em todo o Estado, para fomentar o setor, gerar empregos e renda para a população. Outra ação importante do Parlamento paulista foi reconhecer o estado de calamidade dos municípios por causa da pandemia.

Neste ano, os parlamentares também autorizaram a isenção de ICMS a hospitais públicos, instituições beneficentes como as Santas Casas e fundações privadas de saúde que atendem o SUS, para compra de medicamentos, insumos médicos e equipamentos, e para tratamento de hemodiálise.

Os parlamentares da Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo aprovaram ainda projetos que modernizam e desburocratizam o envio de recursos e emendas aos municípios paulistas, autorizaram a criação de unidades regionais de saneamento e aprovaram passe livre a estudantes de baixa renda de cursinhos pré-vestibulares.

Até o final do semestre, a Assembleia deve avançar na votação da Lei de Diretrizes Orçamentárias para 2022 e também em outros projetos em tramitação na Casa. Todas as informações podem ser consultadas no site www.al.sp.gov.br e também pela Rede Alesp na TV e redes sociais: Youtube, Facebook, Instagram e Twitter.

Compartilhe

Últimas Notícias

Fundo Social de São Paulo divulga resultado de Chamamento Público para gestão da Praça da Cidadania de Hortolândia

Edital prevê a contratação de OSC’ para administração das Escolas de Qualificação Profissional do FUSSP   Prédio das Escolas de Qualificação do Fussp na Praça da Cidadania de Hortolândia   O Fundo Social de São Paulo, divulgou nesta quarta-feira, 07 de fevereiro, o resultado final do Chamamento Público para escolha da OSC’ que vai administrar

Governo de SP atende dez cidades com mais de 6 mil itens em ajuda humanitária após chuvas de janeiro

Materiais de primeira necessidade foram enviados para auxiliar as famílias afetadas em municípios do interior, Baixada Santista e Litoral Norte   Defesa Civil faz entrega de doações a municípios atingidos pelas chuvas   O Governo de São Paulo, por meio da Defesa Civil e do Fundo Social, destinou para dez cidades paulistas 6.030 itens de

Fundo Social de São Paulo lança Chamamento Público para gestão das Praças da Cidadania de Mauá e Diadema

Edital prevê a contratação de organização da sociedade civil para administração das Escolas de Qualificação Profissional do FUSSP     O Fundo Social de São Paulo lança um novo chamamento público, desta vez, para selecionar as Organizações da Sociedade Civil que vão administrar as Escolas de Qualificação Profissional da Praça da Cidadania de Mauá e

SEDE DO FUNDO SOCIAL DE SÃO PAULO - PALÁCIO
DOS BANDEIRANTES

Av. Morumbi, 4.500 - Morumbi - São Paulo - SP - 05650-905

MAIS INFORMAÇÕES - Telefone: 11 2193-6979

DEPÓSITO DO FUNDO SOCIAL - JAGUARÉ

Av. Marechal Mario Guedes, 301 - Jaguaré

MAIS INFORMAÇÕES - Telefone: 11 3238-3944 ou 11 3238-3945