Sobre

NOSSA MISSÃO

“Transformar vidas e proporcionar independência e autonomia por meio da qualificação profissional”

 

NOSSA ATUAÇÃO

O Fundo Social de São Paulo, criado em 1968, tem como objetivo instituir programas sociais destinados a atender pessoas em situação de vulnerabilidade social, especialmente através da oferta de oportunidades educacionais e profissionais para a população; implementação de projetos voltados à geração de renda; apoio à entidades de fins não econômicos com vista a suprir suas necessidades, de modo a propiciar a melhoria de atendimento à população.

Dentre os programas sociais, desenvolvidos em parceria com Fundos Municipais e Organizações da Sociedade Civil, destacamos: as Praças da Cidadania, as Doações e oportunidades de Voluntariado, inclusive através da plataforma digital (www.saopaulomaishumana.sp.gov.br), além das Escolas de Qualificação Profissional nas áreas de Beleza, Bioconstrução, Gastronomia, Informática e Moda.

Estruturalmente, o Fundo Social é dirigido por um Conselho Deliberativo composto por sete membros, com mandato de dois anos, permitida a recondução, sob a presidência da Primeira-Dama do Estado e a administração executiva por escolha do governador do Estado.

As receitas do Fundo Social são constituídas principalmente de contribuições, donativos e legados de pessoas físicas e jurídicas, bazares, e leilões dos materiais considerados inservíveis recebidos dos outros órgãos estaduais.

 

NOSSA SEDE

A atual sede do Fussp está inserida num ponto tradicional da capital paulista, o Parque Doutor Fernando Costa, mais conhecido como Parque da Água Branca.

Criado em 02 de junho de 1929 pelo então Secretário da Agricultura Dr. Fernando Costa, o prédio foi construído no estilo Normando, projetado por Mário Whately, com vitrais fabricados pela Casa Conrado, em estilo Art Déco, desenhados por Antônio Gomide.

Em 1996, o complexo, que pertence à Secretaria Estadual de Agricultura e Abastecimento, foi tombado pelo CONDEPHAAT, Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Arqueológico, Artístico e Turístico.

Antes de se tornar sede do Fundo Social, o edifício abrigava o Departamento de Produção Animal do Parque Dr. Fernando Costa e, posteriormente, a Divisão Regional Agrícola.

Em 1980, o então governador Paulo Maluf, transferiu para o endereço a sede do Fundo de Assistência Social, chamado hoje de Fundo Social de de São Paulo.

Antiga sede do Fundo Social

O primeiro local que abrigou o Fundo Social foi o Palacete Elias Chaves, na antiga Chácara dos Bambus, onde atualmente fica a Avenida Rio Branco.

Construído no final do século XIX pelo fazendeiro de café Elias Antônio Pacheco, é uma réplica do Castelo de Écouen, na França, do século XVI.

O prédio foi adquirido em 1911 pelo governador Albuquerque Lins e, em setembro de 1912, foi inaugurado pelo governador Rodrigues Alves, como Palácio dos Campos Elíseos. Durante 52 anos, o palacete foi sede do governo paulista.

Em 27 março de 1968, o Palácio dos Campos Elíseos passou a abrigar a sede do “Fundo de Assistência Social do Palácio do Governo”, criado pelo governador Roberto Costa de Abreu Sodré.

A primeira dirigente da instituição foi Maria do Carmo Mellão de Abreu Sodré.

Sede atual do Fundo Social

 

 

 

 

 

Sede do Fundo Social de São Paulo, dentro do Parque da Água Branca.

Rua Ministro Godói, 180 | Perdizes | São Paulo | SP | 05015-000

MAIS INFORMAÇÕES Telefone: 11 2588-5906 | Horário de atendimento: das 9h às 16h