06/10/12

Lu Alckmin participa da 1ª formatura da Escola de Construção Civil do Bairro Sol Nascente

Cursos do FUSSESP qualificam alunos na região Oeste para as profissões de pedreiro e assentador de piso e azulejo

A presidente do Fundo Social de Solidariedade do Estado de São Paulo (FUSSESP), Lu Alckmin, esteve no Bairro Sol Nascente, na zona Oeste da capital, na última sexta-feira, 05 de outubro, para a entrega do diploma da Escola de Construção Civil a 62 alunos dos cursos de pedreiro e assentador de piso e azulejo.

Na ocasião, Lu Alckmin parabenizou a primeira turma de formandos. “Fico feliz em saber que vocês sairão daqui qualificados, com grandes chances de integrar o mercado de trabalho, que está tão carente de profissionais no segmento da construção civil”, afirmou a presidente do FUSSESP.

A capacitação foi realizada nos meses de julho a setembro deste ano por professores do Centro Paula Souza. Durante o curso, os alunos tiveram aulas práticas em ambientes que reproduziram situações reais, proporcionando o desenvolvimento de técnicas específicas a cada uma das atividades.

“A formação oferecida pela Escola de Construção Civil com certeza está mudando a cara do bairro. Além da possibilidade de uma nova profissão, muitos moradores estão conseguindo terminar suas casas”, comentou Cleuza Ramos, presidente da Associação dos Trabalhadores sem Terra do Estado de São Paulo (ATST).

Vidas transformadas

Para a moradora do Bairro Sol Nascente, Aldeni Alves Farias, o curso de assentador de piso e azulejo possibilitou que ela finalizasse a reforma de sua casa. “Não tinha recursos para contratar um profissional e resolvi colocar a mão na massa. Pretendo também ajudar meu irmão a terminar a reforma da casa dele”, contou Aldeni.

Estreante na profissão, José Raimundo de Oliveira Silva frequentou o curso de pedreiro a convite do tio, Manoel Oliveira da Silva, ambos moradores do Bairro Morro Doce. "Cheguei da Bahia há três meses e estava trabalhando como servente de pedreiro. Resolvi investir na minha formação e vim fazer o curso junto com meu tio. Achei muito bom. Agora, vamos trabalhar juntos", comemorou José Raimundo.


Os participantes receberam material didático, uniforme, auxílio-transporte e alimentação. Além disso, os alunos desempregados e que não possuíam nenhum benefício social contaram com uma bolsa-auxílio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia no valor de R$ 210 ao mês.


Sobre a Escola de Construção Civil


O projeto da Escola de Construção Civil integra a Escola de Qualificação Profissional do Fundo Social de Solidariedade do Estado de São Paulo. Em abril de 2012, tiveram início as aulas de pedreiro, encanador e assentador de piso e azulejo na sede do FUSSESP, no Parque da Água Branca, na capital. Em julho deste ano, foi inaugurada a segunda unidade da Escola no Bairro Sol Nascente, na zona Oeste.

Até o momento, a Escola de Construção Civil da sede do FUSSESP formou duas turmas, com 108 alunos no total. A formatura da terceira turma acontecerá no Palácio dos Bandeirantes, no dia 10 de outubro.